sexta-feira, 23 de junho de 2017

Vagina Seca!!!

Você já sentiu sua vagina seca? Sentiu o desconforto da falta de lubrificação? Se já passou por isso ou está passando sabe o quanto é desagradável não lubrificar no momento do sexo. Mas não se preocupe, vou dar dicas a você que lhe ajudarão com toda a certeza. Confira clicando no link abaixo e lendo  a matéria que fiz para o site " Sexo sem Dúvida". Vai valer a pena!

http://sexosemduvida.com/falta-de-lubrificacao-secura-vaginal/

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Falha na Primeira Transa



Esse vídeo é para os homens, aliás, para as mulheres também. Porque nessa hora tem que dar uma força.
Falhou na primeira vez? Calma!
Isso pode acontecer! Você está ansioso, está nervoso, é primeira vez, é novidade, é aquela cobrança da performance perfeita e quando tem essas cobranças todas o que pode entrar em ação? A adrenalina!  E a adrenalina é inimiga do prazer. Ela não combina com o prazer e também não combina com a ereção, porque na ereção os vasos sanguíneos do pênis têm que estar bem abertos, para o sangue entrar e o pênis ficar em ereção. Já quando há adrenalina, os vasos sanguíneos ficam bem apertadinhos, bem fechadinhos e aí o sangue não entra com facilidade e a ereção não acontece. Por isso é bom a gente saber esse mecanismo. E mulheres prestem atenção: pênis não é termômetro de amor!!!
 As vezes pode acontecer falhas como um órgão qualquer do nosso corpo. E aí é importante dar essa força e começar tudo de novo. Voltar nas preliminares, relaxar a cabeça para entrar no clima de novo e aí sim continuar bacana. Mas se isso acontecer de forma recorrente, é preciso mais atenção e neste caso é aconselhável procurar o urologista.
O urologista é o melhor amigo do homem. Ele é o médico que trata da saúde do homem e também trata das questões sexuais. Então é importante marcar uma consulta e ver o que está acontecendo. E o urologista também pode recomendar o tratamento psicológico. Então preste atenção nisso, vá ao seu urologista! E mulher, apoie o seu parceiro para que vocês tenham uma vida sexual muito prazerosa.
Se você ficou com alguma dúvida nesse vídeo, escreve aqui nos comentários, ou se preferir, manda um e-mail pra mim.
 Me siga nas redes sociais e não se esqueça de se inscrever no canal!!!
• https://fb.com/monicalopesmuitoprazer
• https://twitter.com/monicalopesuro
• monicalopesmuitoprazer@gmail.com




quarta-feira, 24 de maio de 2017

Bexiga Hiperativa, a famosa bexiga nervosa!

Olá,
   Estava sumida e com saudade. Hoje meu recado é bem curtinho. Você sabe o que é bexiga nervosa?
É algo que ocorre com cerca de 15% da população e pode estar associada  a perda de urina ou não. Veja abaixo alguns dos sintomas  e caso você se identificar com algum deles procure um fisioterapeuta pélvico!
 
Se você...
 ...vai muitas vezes ao banheiro;
 ...quando coloca a chave na porta de casa tem uma vontade incontrolável de urinar (urgência);
...sempre se preocupa em saber se o local que vai tem toalete...
Você pode ter bexiga hiperativa, conhecida popularmente como “bexiga nervosa”.
E quando há a perda de urina associada a esse desejo incontrolável de urinar, esta é denominada incontinência urinária de urgência.
Uma dica para quem tem esses sintomas é evitar cafeína (Ex: café, mate, refrigerantes com cola), frutas cítricas e alimentos condimentados.
A fisioterapia pélvica é um tratamento eficaz  para o controle desses sintomas e considerada pela Sociedade Internacional de Continência (ICS) como a terapia de primeira escolha.  Saiba mais assistindo o vídeo abaixo e não esqueça de se inscrever no canal! A informação preserva nossa saúde! Bjs a todos.
 Me siga nas redes sociaisl!!!
• https://fb.com/monicalopesmuitoprazer
• https://twitter.com/monicalopesuro
• monicalopesmuitoprazer@gmail.com
• http://fisioterapianasaudeintima.blogspot.com.br/


terça-feira, 14 de março de 2017

14 de março: Dia mundial da incontinência urinária

A perda de urina é denominada incontinência urinária e atinge 5% da população brasileira. Existem basicamente dois tipos principais de incontinência urinária: a que está associada ao esforço, isto é, a urina pode sair quando a pessoa dá uma gargalhada, salta, espirra, tosse, corre, etc... e aquela associada a uma vontade incontrolável de urinar, chamada incontinência de urgência. Um exemplo é aquele aperto que dá quando estamos próximos de casa ou quando tarefas são interrompidas devido ao forte desejo de urinar. Normalmente a pessoa que tem incontinência urinária de urgência se preocupa em saber se há banheiro no local que vai. 
Embora as mulheres sejam mais atingidas pela incontinência urinária, homens, crianças e idosos também podem apresentá-la. As principais causas são a obesidade, tabagismo, gravidez e parto, histerectomia, retirada da próstata (nos homens), irradiação que danifiquem os nervos da região entre outras. 
A incontinência urinária pode ser prevenida e tratada e a fisioterapia pélvica é o tratamento de primeira escolha definido pela Sociedade Internacional de Continência. A fisioterapia conta com os exercícios para fortalecimento e coordenação dos músculos do assoalho pélvico e com equipamentos que monitoram e aceleram o tratamento devolvendo a qualidade de vida e o convívio social desses pacientes. Além disso, há o tratamento medicamentoso que pode ser realizado associado a fisioterapia. E nos casos mais graves pode ser feito a aplicação de toxina botulínica e também cirurgia. 

Fiz uma série no meu canal no Youtube que falo sobre cada uma das incontinências urinárias, seus sintomas e tratamentos. 
Assista o vídeo abaixo e toda sua playlist sobre o assunto! 
E não esqueça de se inscrever no canal!!!




quarta-feira, 8 de março de 2017

ESPECIAL DIA INTERNACIONAL DA MULHER - Ginástica Íntima: o exercício para saúde íntima de toda mulher



  

Você já pensou em malhar seu períneo? Sabe da importância desses músculos e onde se localizam?
  Pois é... Que os exercícios físicos são bons para saúde todos nós sabemos, mas não estamos habituadas a malhar uma musculatura imprescindível para saúde íntima da mulher: os músculos do assoalho pélvico, mais conhecido como períneo.
  O períneo é a região de músculos, fáscias e ligamentos que ficam entre o clitóris e o ânus. Esses músculos possuem importante participação no controle urinário e fecal, no suporte dos órgãos pélvicos, no parto e pós parto; e no prazer sexual.   
 Consequentemente quando a mulher exercita os músculos perineais, ela previne as incontinências urinárias e fecais e também os prolapsos (que são a queda da bexiga, útero ou reto). Além disso, o alongamento desses músculos permite um parto mais rápido, evitando a laceração e a necessidade de episiotomia. Já o seu fortalecimento evita a perda de urina durante a gravidez, problema que atinge, segundo estudos, cerca de 40% das gestantes.
  Além de todos esses benefícios, ao exercitar os músculos perineais a mulher facilita o alcance do orgasmo, já que obtém mais consciência da região genital e aumenta o fluxo sanguíneo e a tonicidade vaginal. Este último promove maior contato entre a vagina e o pênis, elevando os níveis de prazer. Vale ressaltar que o orgasmo feminino é um processo biopssicosocial e que além de músculos perineais saudáveis, a mulher deve ser bem estimulada pelo(a) seu (sua) parceiro(a), conhecer suas áreas erógenas e ter boa cumplicidade e intimidade com o seu (sua) parceiro(a).
  Agora que você já sabe das vantagens de fazer a ginástica íntima, vamos praticar? Vou ensinar os exercícios básicos que podem ser realizados tanto deitada, sentada ou de pé. Para sentir melhor a região perineal, vamos iniciar a execução dos exercícios sentada.

                               Cheerful young friends are having a sit                                     
Primeiro as contrações lentas:
1.     Sente-se confortavelmente em uma cadeira, com os joelhos a 90°;
2.     Coloque suas mãos em cima da barriga para se certificar que você não irá começar o movimento por essa região ou prender o ar durante o exercício;
3.     Contraia seu períneo como fosse prender o xixi e o coco, isto é, contraia o ânus  e  a vagina  ao mesmo tempo de 5  a 10 seg;
4.     Não prenda o ar;
5.     Relaxe pelo mesmo tempo que conseguiu. Ex: se contraiu 5seg, descanse 5seg até a próxima contração;
6.     Realize 10 repetições deste exercício, 3X ao dia (manhã, tarde e noite).
Agora as contrações rápidas. Essas devem ser realizadas com o máximo de força.
   Ainda sentada:
1.     Contraia o períneo (contraia o ânus e a vagina  ao mesmo tempo) e relaxe.
2.     Essa contração é do tipo “contrai e solta”. O relaxamento deve ser de 3 a 5segundos entre as contrações, ok? Não deixe de relaxar!
3.     Você pode usar essa contração no dia-a-dia todas as vezes que tossir, espirrar, agachar, pegar um peso na musculação por exemplo. Vai ajudar  a prevenir  a incontinência urinária de esforço.
4.     Realize 10 repetições deste exercício, 3X ao dia (manhã, tarde e noite).

Pronto!!! Agora é com você! E quando ficar mais fácil passe  a realizar os exercícios de pé.

Mas se você deseja avançar mais ou tem alguma dúvida de como realizar, não hesite em procurar um fisioterapeuta pélvico!!! Existem mais exercícios e com aparelhos e dispositivos que irão ajudar muito na coordenação e fortalecimento dessa região tão importante para saúde íntima feminina.

Feliz Dia Internacional da Mulher!!!

Um bj  a todas, 
Dra Mônica Lopes.

 Me siga nas redes sociais e não se esqueça de se inscrever no canal do Youtube!!!
 https://fb.com/monicalopesmuitoprazer
 
https://twitter.com/monicalopesuro
• monicalopesmuitoprazer@gmail.com
www.youtube.com/monicalopesmuitoprazer




 

  

quinta-feira, 2 de março de 2017

Sentir Dor na Primeira Relação Sexual é normal?


É comum sentir dor na primeira relação sexual?
Muitas mulheres sentem dor na primeira relação sexual, até porque na primeira relação as mulheres estão muito tensas por ser a primeira vez.
Para evitar que isso aconteça é muito importante que o casal tenha muita intimidade. É importante que os homens fiquem atentos as preliminares para que a mulher fique bem relaxada, bem tranquila e assim consiga relaxar a musculatura da vagina evitando a dor. Agora, se a dor persistir primeira, segunda, terceira, quarta vez, enfim.. alguns meses que vocês tiveram relação e a dor continua vá ao ginecologista. Ele vai recomendar o tratamento adequado e o sexo vai passar a ter sempre o que ele deve ter, prazer!
Ficou alguma dúvida?
Escreve aqui nos comentários, ou se preferir pode me mandar um e-mail eu te respondo. Compartilhe esse vídeo e não esqueça de se inscrever no canal.
Meu email: monicalopesmuitoprazer@gmail.com
 Me siga nas redes sociais e não se esqueça de se inscrever no canal!!!
• https://fb.com/monicalopesmuitoprazer
• https://twitter.com/monicalopesuro
• monicalopesmuitoprazer@gmail.com




sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Ginástica Íntima

\

Olá mulherada!! Vou falar de uma coisa super bacana: a ginástica íntima!
A gente faz ginastica pra tudo, para todos os lugares. Bumbum, pernas, braços e a ginástica do assoalho pélvico (ou períneo)?
A gente deixa aqueles músculos tão abandonados... 30% das mulheres não sabem da existência desses músculos , então vou ensinar agora pra vocês dois exercícios excelentes para o períneo. Que a gente pode chamar também de ginástica íntima!
Você vai fazer no seu dia a dia, na fila do banco, no cinema, onde você estiver, só não faz dirigindo tá gente? Ou presta atenção na direção, ou presta atenção nos exercícios pra sair bem feito. E tem um outro vídeo aqui pra quem não conhece, não sabe onde é essa região perineal, tem um vídeo que eu explico isso tudo, tá. Acessa lá e vê esse vídeo antes de fazer os exercícios.
O 1º exercício é a contração rápida, onde você vai contrair a vagina e o ânus e vai relaxar. Só isso! Mas presta atenção numa coisa, você vai contrair a vagina e o ânus como se tivesse prendendo um gás, sem contrair a barriga, sem contrair o bumbum e sem contrair as pernas. Nem pensar em ficar sem respirar, respiração flui normalmente quando você faz os exercícios. Você pode fazer até falando ou cantando pra se certificar que você está respirando. Então você vai contrair rapidamente a vagina e o ânus e vai relaxar...
Ahh, e como vou saber se fiz o exercício certo? Você pode fazer um teste, mas atenção,  É SÓ UM TESTE! Não é pra fazer como exercício, quando você estiver urinando, você para a micção e vê se você consegue interromper o jato, se você consegue interromper o jato, você identificou que você consegue fazer o exercício, mas isso é só um teste. Você faz uma vez só! Quando você estiver fazendo os exercícios JAMAIS irá fazer durante o ato de urinar. Você vai fazer justamente quando não estiver urinando. Então, você vai contrair e soltar e vai esperar 3 segundos entre uma contração e outra. Contrai, relaxa espera 3 segundos, contrai, relaxa e espera 3 segundos . Vai fazer 10 repetições dessa contração. Essa é a contração rápida!
E qual é o 2º exercício?
O 2º exercício é a contração sustentada. Como o próprio nome já diz, você vai contrair e vai segurar durante alguns segundos. Como que você vai saber quantos segundos você consegue segurar?
Você vai fazer primeiro um teste. Você vai contrair e manter e vai ver até onde vai conseguir segurar.. Exemplo: Ahh, eu contei 4 segundos e depois não senti mais o meu assoalho pélvico contraído ou o meu períneo contraído, então vão ser 4 segundos que você vai fazer de contração sustentada. Uma coisa importante é fazer o exercício sentado primeiro porque você tem o contato do seu períneo com a cadeira. Você irá sentir principalmente a contração do ânus! Você sente tanto a contração, quanto o relaxamento e aí você: Opa! É isso aí, é esse exercício!
Nessa contração sustentada as  pessoas costumam ter muita dificuldade de fazer porque prendem o ar, porque a contração sustentada é um pouquinho mais difícil para algumas pessoas. Então prestem atenção sempre pra manter a respiração normal.
Você vai fazer a contração sustentada o tempo que você segurou no teste e depois relaxar o mesmo tempo que você contraiu. Então, se você contraiu “X”segundos, você vai relaxar também os “X”segundos. Na dúvida gente, relaxa mais do que você contraiu, então se você contraiu 4 segundos e quiser relaxar o dobro, 8 segundos, ok. Tudo bem! O negócio é não fadigar essa musculatura. Os músculos perineais ficam cansados muito rápido e isso não é legal. Então é sempre respeitando o relaxamento, ok?
Pronto, você já pode praticar! Mas se tiver qualquer dificuldade procure um fisioterapeuta pélvico, ok?
Praticando esses exercícios diariamente você evita a incontinência urinária e fecal, os prolapsos e o mais importante, melhora sua função sexual.
Siga Mônica Lopes nas redes sociais e não se esqueça de se inscrever no canal do Youtube !!!
www.youtube.com/monicalopesmuitoprazer
Assista o vídeo abaixo!

• https://fb.com/monicalopesmuitoprazer
• https://twitter.com/monicalopesuro
• monicalopesmuitoprazer@gmail.com